Dentista baiano com mais de 3.000 sorrisos transformados destaca os benefícios dos alinhadores invisíveis

11 de junho de 2024
0 Comentários

Dr. Humberto Filho, um dos nomes de referência em Invisalign na Bahia, acredita que os alinhadores são uma grande realidade

Exibir um “sorriso metálico” não é regra para quem deseja ter dentes bem alinhados. Nos tempos de hoje, existem muitas alternativas para quem não quer chamar a atenção de que está usando aparelho. É o caso dos alinhadores ortodônticos transparentes (ou “invisíveis”), que têm despertado cada vez mais interesse nas pessoas por serem discretos. Um dos nomes de referência em Invisalign na Bahia, com saldo de mais de 3 mil sorrisos transformados com sucesso, o dentista baiano Dr. Humberto Filho, acredita na busca constante de pacientes atrás de alinhadores invisíveis. “O crescimento no uso dos alinhadores invisíveis é real. Falam que é o futuro, mas já está bem presente em nosso dia a dia clínico, aqui no consultório”, afirma Dr. Humberto, que atua há 8 anos, frente aos alinhadores. Os pacientes que vão se consultar com o profissional, geralmente buscam uma mudança estética, deixando para trás os tratamentos com os aparelhos que machucam e que não são estéticos. Dr. Humberto trata de pacientes com qualquer tipo de má oclusão dentária com os alinhadores. “Não uso mais o aparelho fixo, então, a gente consegue tratar crianças, adolescentes e adultos e também casos pré e pós-cirúrgicos, desde os casos mais simples aos mais complexos”, revela o dentista. De acordo com ele, é necessário que se faça um planejamento através de um diagnóstico preciso, exame clínico e escaneamento digital para ver condições ósseas e das raízes dos dentes.

O tratamento é feito por alinhadores que substituem toda essa aparelhagem fixa, tornando o tratamento mais rápido, confortável, estético, higiênico e acima de tudo, que dê tranquilidade ao paciente. Uma pessoa que utiliza o alinhador, pode ficar com ele entre 20 e 22 horas diárias. “O paciente pode escovar os dentes, praticar esportes, sem qualquer problema, mas na hora da alimentação é preciso ficar atento em duas cuidadosas restrições: alimentos sólidos e líquidos quentes”, diz Humberto Filho. Ao retirar o aparelho invisível, o mesmo precisa ser mantido num estojo e sempre ao recolocá-lo, é necessário escovação dos dentes e aparelho, garantindo a limpeza e o aspecto estético em boas condições. O doutor utiliza alinhadores confeccionados na Costa Rica, que levam de 30 a 40 dias para chegarem no consultório e dar início ao tratamento. Além da estetica, uma das principais vantagens do aparelho invisível, é a facilidade de poder retirá-lo para comer. Nada como poder tirar o aparelho e saborear sua refeição sem preocupação. Ou ainda de ficar com algum pedacinho de comida preso ao aparelho, como é o caso dos aparelhos fixos. Para acompanhar o dentista nas redes sociais, basta seguir o perfil @dr.humbertofilho.